A candidatura do ex-deputado federal Francisco Praciano (PT) a senador criou um ambiente de incômodo no PCdoB, que quer o apoio dos petistas à reeleição da senadora Vanessa Grazziotin.

Ontem, em entrevista ao BNC Amazonas, enquanto Praciano falava de sua pré-candidatura a senador, comunistas o questionavam, ao vivo, sobre o assunto, em tom de cobrança de contrapartida.

No estúdio do site, aliados do petista comentaram que esse comportamento é semelhante ao da senadora, que já teria ligado para Praciano pedindo explicações sobre a candidatura.

 

Contrapartidas

Na conta dos comunistas, o PT deve apoio a Vanessa pelo que a parlamentar fez no processo de impeachment da ex-presidente da República Dilma Rousseff.

Os petistas, porém, avaliam que a senadora tinha a obrigação de agir daquela forma pela coerência do discurso e também porque foi eleita em 2010 com forte apoio do PT.

 

Sem apoio

Na conta dos comunistas, por outro lado, o PT-AM só criou dificuldades para Vanessa em 2010, porque, na ocasião, lançou a professora Marine Corrêa ao mesmo cargo tirando votos que poderia ter impedido a eleição da comunista.

 

Foto: BNC Amazonas