O governador Amazonino Mendes (PDT) anunciou para esta quarta-feira, dia 16, o início do processo licitatório para a construção do anel viário de Humaitá (a 645 km de Manaus).

A obra orçada em R$ 41.901.958,90 terá 11,58 quilômetros de extensão e interligará a BR-319 ao porto graneleiro da “Princesa do Madeira”, facilitando o tráfego de veículos pesados no escoamento da soja e outros grãos.

Amazonino disse que o projeto vai colocar Humaitá no protagonismo da soja, tornando-a um dos maiores produtores do grão da região.

“É uma realidade e o dinheiro está no caixa. Nós vamos começar a grande caminhada de realização do velho sonho, que é tornar Humaitá um entreposto, e ao mesmo tempo, um grande produtor de grãos. E isso foi sonhado lá atrás, por mim, quando tentamos o ‘Terceiro Ciclo’. E agora, vou consolidar isso, fazendo o Anel Viário. É uma obra em torno de R$ 50 milhões. (Nesta quarta), dia 16 de maio, nós estaremos fazendo a licitação”, destacou o governador durante um evento de entrega de certidões de casamento coletivo, em comemoração aos 149 anos da cidade, ocorrido na Escola Estadual Patronato Maria Auxiliadora.

Além da construção do anel viário, o governador determinou a realização de obras para a recuperação do sistema viário da sede do município e da zona rural,  por meio de convênio orçado em R$ 4 milhões.

*Com foto e informações da Secom.