Com a operação Custo Político em andamento nesta quarta, dia 13, o deputado estadual José Ricardo (PT) aproveitou para lembrar os seus pares da Assembleia Legislativa (ALE-AM) que faltam apenas três assinaturas para sair a CPI da saúde.

Para ele, foi esse esquema de corrupção, lavagem de dinheiro e outros crimes que levaram a saúde do Amazonas ao colapso. A operação Maus Caminhos investiga desvio de mais de R$ 100 milhões entre 2014 e 2016.

Ele lembrou que o governo atual herdou um rombo de R$ 1,2 bilhão em contratos feitos pela administração anterior.

“Por isso, conclamo os deputados que ainda não assinaram a aderir à CPI que propomos. Faltam apenas três assinaturas para investigar os demais contratos que não estão sendo apurados pela Polícia Federal. A assembleia tem instrumentos para investigar. Mas, quer ficar calada?”, disse na tribuna da ALE-AM nesta quarta.

Já deram o aval para a CPI os deputados Luiz Castro (Rede), Sinésio Campos (PT), Sabá Reis (PR) e Platiny Soares (DEM), além do autor da proposta, o próprio José Ricardo.

 

Foto: BNC