O município de Careiro da Várzea, a 25 quilômetros de Manaus, ganhou hoje, dia 10, uma fábrica de gelo e câmara frigorífica para atender gratuitamente cerca de 5 mil pescadores artesanais também do Careiro Castanho e Manaquiri.

A capacidade de produção da unidade entregue pelo governo federal, via Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), é de 15 toneladas/dia, com espaço para armazenagem de 30 toneladas.

O recurso para colocar a fábrica em funcionamento foi conseguido pelo deputado federal Alfredo Nascimento (PR) junto ao Ministério dos Transportes. Os custos de manutenção são do Dnit.

“Tendo acesso ao gelo gratuitamente, o pescador vai poder economizar mais de mil reais por mês”, disse o deputado na inauguração neste sábado.

Com Alfredo estiveram na cidade os deputados federal Silas Câmara (PRB) e estaduais Sabá Reis (PR) e Dermilson Chagas (PEN), além dos prefeitos dos municípios beneficiados.

“É uma ação de grande repercussão social, que vai beneficiar mais de 5 mil famílias que vivem do pescado só no Careiro da Várzea. O Alfredo teve a sensibilidade de abraçar esse projeto pelo qual sempre lutamos”, disse Silas.

O superintendente do Dnit no Amazonas, Fábio Galvão, disse que já foram entregues três fábricas de gelo e que ainda neste primeiro semestre mais 14 estarão em funcionamento nos municípios do estado.

 

No Beruri

No início de fevereiro, quem ganhou fábrica de gelo parecida foi o município de Beruri, a 173 quilômetros de Manaus.

Na ocasião, Alfredo disse que a gratuidade do gelo é uma grande conquista para todos os pescadores artesanais, que até então gastavam parte significativa da sua renda com a compra do produto para conservar o pescado.

“Agora não vão pagar nada. A venda é expressamente proibida”, afirmou.

Alfredo dividiu a conquista da unidade com os colegas Silas e Átila Lins (PSD). “Só conseguimos os recursos para as fábricas de gelo por conta da articulação do Silas e do Átila”, disse.

 

Foto: Divulgação/Assessoria de Alfredo