Repercute na imprensa nacional uma carta que o prefeito de Manaus, Arthur Neto, enviou ontem, dia 11, ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Nela, Arthur revela bastidores do entrevero que se estabeleceu na convenção do partido que elegeu o paulista novo presidente tucano, no último sábado, dia 9, e coloca em sua conta o tratamento desrespeitoso e desigual dispensado ao amazonense no evento.

Arthur também endurece as críticas e faz desafio aberto a Alckmin para a disputa em eleição prévia para a escolha do candidato a presidente da República em 2018 e chama o governador para um debate cara a cara nos principais colégios eleitorais.

“Gente com vocação para a vitória, afinal, não usa de escapismos para fugir a um enfrentamento saudável e necessário”, diz Arthur na carta.

Arthur cobra que Alckmin não recue de enfrentá-lo nas prévias e nos debates pelo país.

Uma reunião da direção nacional do partido nesta quarta vai, obrigatoriamente, tratar dessa peleja interna que ameaça implodir a legenda.

Leia a carta de Arthur em O Globo.

 

Leia mais

Estadão dá detalhes de bate boca tucano entre Arthur e Alckmin

Arthur muda rumo da convenção do PSDB e frustra Alckmin

Alckmin se rende a Arthur e liga para dizer que topa prévias tucanas

Foto: BNC