Da Redação

O presidente da Câmara dos Deputados e presidenciável do DEM, Rodrigo Maia, declarou que a  preservação do meio ambiente não pode ser instrumento de atraso ao ser questionado sobre a conclusão da obra que permitirá o tráfego na BR-319. A rodovia liga Manaus a Porto Velho e ao resto do País, mas tem entraves ambientais para a conclusão do trecho central há mais de dez anos.

O parlamentar fez a declaração durante entrevista exclusiva ao BNC Amazonas e à Rádio Tiradentes, na manhã desta quarta-feira, dia 9. Nesta sexta-feira, dia 12, Rodrigo Maia cumprirá agenda de pré-campanha em Manaus.

“Da mesma que a Zona Franca gerou empregos e preservação da floresta, tenho certeza que conseguiremos a BR-319 garantindo a preservação do meio ambiente, garantindo os interesses dos que querem preservar  o meio ambiente. Mas o meio ambiente precisa trabalhar de forma integrada com a sociedade. O meio ambiente não pode ser um instrumento do atraso”, declarou o presidenciável.

Maia acrescentou que “algum problema” deve ter na discussão sobre a BR-319 senão não estaria tanto tempo parada, mas é preciso avançar nas tratativas para que a região norte e o Amazonas não permaneçam isolados do resto do País.

O presidenciável salientou que o debate precisa incluir os cuidados ambientais.

“É importante que as  regiões possam estar conectadas. Óbvio que a BR -319 tem uma importância decisiva para Manaus (..) Tenho certeza que temos todas as condições de construir uma solução com todos os cuidados ambientais”, disse.

Zona Franca

Rodrigo Maia declarou que a Zona Franca de Manaus é um modelo que deu certo como gerador de emprego e renda e de preservação da natureza, mas que era necessário criar alternativas de desenvolvimento para a região. O presidenciável fez questão de lembrar as últimas votações sobre o tema na Câmara e disse ter se posicionado de forma favorável ao modelo.

“A Zona Franca é um projeto muito importante que deu muito certo na região amazônica. Preservou o meio ambiente e garantiu empregos pra a região. A última emenda a favor da prorrogação dos benefício votei a favor. Mas é claro que tem que avançar”, disse.

Arthur Neto

Rodrigo Maia disse que ficará muito feliz de estar em Manaus com o prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB), mas se esquivou de comentar as brigas dele com o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB). Arthur, em provocação ao líder tucano, dará a chave da cidade a Maia.

“Eu tenho uma  amizade há muitos anos com Arthur Virgílio, foi líder quando cheguei muito jovem. Aprendi muito com a capacidade intelectual dele, com os belos discursos, bela articulação política. Estarei muito feliz em estar com ele. Mas as questões internas do PSDB  não me cabe avaliar”, disse.

 

 

“Vamos dar um festão pro Rodrigo Maia”