O Ministério da Justiça já tem em mãos um relatório da Polícia Federal que alerta para o risco de parceria de políticos com o crime organizado nas eleições deste ano. O alvo principal é o Rio de Janeiro, mas o Amazonas e outros estados também estão na mira.

Igual preocupação foi manifestada há seis meses pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas ainda não foi aberta nenhuma investigação sobre suspeitos, o que pode acontecer diante de indícios.

No Rio, 1,1 milhão de votos foram mapeados como estando sobre a influência de criminosos.

O ministro da Justiça disse que o maior risco está sobre o sistema de financiamento eleitoral, concentrado hoje em doações de pessoas físicas.

Leia mais no Notícias ao Minuto.

 

Leia mais

Infiltração de criminosos na política do Amazonas preocupa TSE

Crime organizado tem prefeituras no Solimões, desconfia ministro

Foto: Reprodução/Twitter