O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) acaba de escolher, na manhã desta terça, dia 13, os juízes Joana Meirelles e Elci Simões como novos desembargadores do Judiciário do estado.

Os dois disputavam com outros magistrados as vagas por antiguidade e merecimento. Conforme o BNC adiantou, a maioria dos desembargadores, hoje alinhados com o presidente do TJ-AM, Flávio Pascarelli, escolheu Joana, que é juíza auxiliar da presidência da corte, e Simões, irmão do atual presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), Yedo Simões, favorito para ser o próximo presidente do TJ-AM.

Simões ganhou a vaga de antiguidade por aclamação.

Joana recebeu 19 dos 21 votos dos desembargadores aptos a votar. Os juízes Abrahão Peixoto e Adalberto Carim receberam indicação para a vaga em dez listas. Na escolha por merecimento, cada desembargador vota em três nomes.

Com isso, a juíza Onilza Abreu Gerth também deve compor o TJ-AM na função de desembargadora substituta, na vaga de Encarnação Sampaio, afastada do exercício do cargo pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Simões ocupava a vaga temporariamente. (Por Rosiene Carvalho, da Redação)

 

Foto: Divulgação/TJ-AM