A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem mais 15 dias corridos de prazo para recorrer a tribunais superiores contra a condenação no caso do triplex em Guarujá (SP) do petista, que está preso na Polícia Federal de Curitiba desde à noite de sábado (7).

O prazo começa a contar à meia-noite desta segunda-feira (9).

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (STF) informou ao G1(veja os recursos disponíveis) que a data-limite para apresentar os dois recursos termina às 23h59 do próximo dia 23 de abril.

Caso a defesa ainda tente um último recurso contra a condenação no próprio TRF-4, instância abaixo do STF e STJ, o prazo de 15 dias começará a contar só a partir da decisão sobre esse recurso (na foto, o advogado Cristiano Zanin com o cliente Lula).

Lula foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro em junho do ano passado em primeira instância, pelo juiz Sergio Moro; em janeiro, a condenação foi confirmada em segunda instância, pelo TRF-4, com pena ampliada para 12 anos e 1 mês de prisão.

No sábado (7), ele foi preso após ter um recurso negado no TRF-4 e vários pedidos para evitar a prisão negados nas instâncias superiores.

 

Foto: Reprodução/Diário do Nordeste