O presidente Michel Temer (MDB) disse, nesta segunda-feira (12), que o governo brasileiro ajudará os imigrantes venezuelanos que estão morando em cidades roraimenses.

Além disso, o presidente e comitiva de ministros apresentaram um plano para lidar com a fuga venezuelana.

No plano, o presidente garante que não faltará dinheiro para resolver o problema da migração.

As medidas apontadas foram reforço na segurança da fronteira, projeto piloto para absorver a mão de obra venezuelana, revalidação de diplomas para professores e médicos venezuelanos e censo dos que estão no Brasil.

O presidente teve reunião com a governadora de Roraima, Suely Campos, e com a prefeita da capital de Roraima, Teresa Surita.

Após a visita, o presidente voltará para a base naval da Restinga da Marambaia, no Rio de Janeiro, onde passa o carnaval com a família.

Leia mais no G1

 

Foto: Beto Barata/PR