Políticos recebiam mochilas com R$ 500 mil de propina até em cabaré

Hilberto Mascarenhas foi o diretor do “departamento de propina” da empreiteira Odebrecht. E foi ele que detalhou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como os políticos recebiam a propina. Os pagamentos, sempre em dinheiro vivo, eram feitos em “todos os lugares”, desde hotéis a “cabaré”. Para a propina recebida na boca do caixa, em espécie, o … Continue lendo Políticos recebiam mochilas com R$ 500 mil de propina até em cabaré