O jornalista Augusto Nunes, da revista Veja, vai formalizar um pedido de debate para o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. A ideia é colocá-lo frente a frente com o prefeito de Manaus, Arthur Neto. Ambos disputam as prévias do PSDB que definirão o candidato da legenda à Presidência da República em 2018.

O convite para o encontro inédito entre os tucanos foi feito por Nunes ao ser provocado por Arthur durante entrevista ao “Estúdio  Veja”, na tarde desta sexta-feira, dia 19.

“Imagine uma revista com o peso da Veja fazendo um debate aqui? Recusar um convite meu, ele [Alckmin] até pode, mas recusar um convite da Veja, ele não recusa”, disse Arthur.

“Já está feito o convite, no ar”, respondeu Nunes.

“Então, Geraldo, vamos lá. Vamos perder essa timidez toda e vamos enfrentar o que tem que ser enfrentado e jogar o jogo da verdade”, replicou o prefeito.

No final da entrevista, o assunto volta à tona quando Nunes diz que formalizará o convite do debate ao governador paulista e Arthur diz que está à disposição. “Eu já digo, Geraldo, o seu horário é o meu horário”.

Fim de carreira

Ainda no papo com Nunes, Arthur reafirmou a defesa de ideias econômicas liberais; disse ser a renovação no País, mesmo aos 72 anos; rechaçou o PMDB num eventual governo seu no Planalto e declarou que, se não for candidato à presidência, encerrará a carreira política como prefeito de Manaus.

“Se essa coisa da presidência não funcionar, eu vou completar uma obra muito consistente na Prefeitura [de Manaus] e sair disso. Não pretendo [voltar ao Senado]. Não pretendo nada vezes nada”, afirmou.

Confira a entrevista completa abaixo.

'Estúdio VEJA': o colunista Augusto Nunes entrevista Arthur Virgílio, prefeito de Manaus. #TVEJA

Posted by VEJA on Friday, January 19, 2018