Da Redação

O pré-candidato ao governo do Amazonas e apresentador de TV Wilson Lima (PSC) declarou ao BNC Amazonas que nada muda no estado para as Eleições 2018 em função da união nacional do PSC e do Podemos, sigla aliada do pré-candidato ao Governo e presidente da ALE-AM, David Almeida (PSB). “A gente continua com nosso projeto e o PSC entende isso com muito clareza. Temos um projeto regional que nem sempre pode ser regido pela conjuntura nacional”, disse.

Creio

O pré-candidato à presidência do PSC, Paulo Rabello, que participou da convenção de Wilson no sábado passado, dia 28, se tornou vice na chapa do Podemos que tem como candidato à presidência, o senador Álvaro Dias. Procurado pela reportagem para falar sobre a repercussão desta união no Amazonas, o presidente de honra do PSB, Serafim Corrêa, declarou: “Creio que não muda nada”, disse.

No Amazonas é assim

No Amazonas, o Podemos é liderado há anos pelo deputado estadual Abdala Fraxe, aliado fiel de David Almeida. No período em que David escolhia o partido para se filiar, a sigla de Abdala abriu as portas e era uma das opões. Depois, ao avaliar a conjuntura, o presidente da ALE-AM considerou o PSB abrigo que dava maior viabilidade à sua pré-candidatura.

As águas vão rolar

Aliados de David, no entanto, se animaram com a notícia e dizem: “É bom aguardar. Ainda tem muita água para rolar”.