O ex-deputado federal Francisco Praciano, rechaçou imposição do PT nacional para torná-lo vice da chapa de David Almeida (PSB) ao Governo do Estado.

A imposição a Praciano foi aprovada em resolução. O ex-parlamentar, no entanto, não abre mão de sua candidatura ao Senado. “Ou Senado, ou nada”, disseram aliados do petista ao BNC, na convenção do partido que acontece neste domingo, dia 5.

Esses aliados disseram que Praciano, ainda sente os traumas de ter sido indicado a senador da chapa de Eduardo Braga, em 2014, ao qual fazia fortes críticas.

Os petistas também dizem que a imposição do PT nacional seria uma forma de beneficiar a candidatura de Vanessa Grazziotin a reeleição ao Senado.

Nas negociações com o PT-AM, Vanessa sempre propôs que fosse a única candidata da esquerda no Amazonas, ao cargo por esse arco de aliança.

Antes do início da convenção petistas, dirigentes da sigla diziam que nada ainda estava definido e que as conversas continuavam.