A chapa a governador tampão do Amazonas formada pelo senador Eduardo Braga (PMDB) e pelo ex-deputado Marcelo Ramos (PR) impugnou no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) nesta terça, dia 27, o terceiro concorrente para a eleição de agosto.

A coligação do presidente da Câmara Municipal de Manaus, Wilker Barreto (PHS), e da vice Professora Jacqueline, do mesmo partido, está sendo acusada de ter incluído uma legenda na aliança, o PTC, sem que esta tenha definido em convenção o apoio à chapa.

A adesão teria sido feita posteriormente na ata da convenção, razão que levou Braga e Marcelo a impugnarem a chapa adversária.

Wilker não atendeu ligação do BNC, mas ao portal Amazonas Atual disse que vai aguardar notificação da Justiça Eleitoral.

Leia mais

Braga acusa Amazonino de fraude e quer vê-lo fora da eleição

Braga também mira chapa de Rebecca e impugnar Abdala  

Foto: BNC