O jurado Heron do Espírito Santo Sena Santana chorou copiosamente, na madrugada deste sábado, dia 30, durante a apresentação do boi Garantido.

Ele caiu no choro no momento em que o bumbá levou para a arena uma coreografia chamada “consciência negra”.

A dança foi executada por membros da comissão de frente da escola de samba carioca Paraíso do Tuiuti, vice-campeã do Carnaval 2018 do Rio de Janeiro.

O choro chamou atenção de quem estava perto das cabines do corpo de julgadores.

Solitário em seu espaço, vigiado por fiscais de Garantido e Caprichoso, Heron do Espírito Santo deixou ressaltar o sentimento que lhe tomava conta.

Num primeiro, ele ergueu a cabeça dando fortes suspiros, depois escorou a cabeça na parede e, por fim, com olhos marejados, baixou a cabeça e enxugou as lágrimas.

O choro dele foi percebido pelo repórter fotográfico Alex Fideles, do BNC AMAZONAS, que registrou os movimentos contidos e emocionados do julgador.

Em outro momento, quando o boi Garantido foi levado às cabines dos jurados, Heron do Espírito Santo beijou o coração do bumbá.

O beijo ocorreu pouco antes da apresentação da coreografia.

Veja mais:

 

Imagens da coreografia

Fotos: Alex Fideles