Abertura de atividades faz mortes saltarem em Manaus, diz pesquisador

A abertura das atividades se deu em três oportunidades: no primeiro, observou-se excesso de mortes de 88%; no segundo, de 92%, e no terceiro, de 154%.

 

Iram Alfaia, do BNC Amazonas em Brasília

Abertura de atividades faz mortes saltarem em Manaus, diz pesquisador

Assine para receber em primeira mão

Encontrou algum erro? Entre em contato
TAGS
VEJA MAIS