O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) inaugurou nesta terça-feira, dia 6, o sistema de fiscalização a distância realizando uma auditoria, via satélite, no município de Barreirinha, a 331 quilômetros de Manaus.

A execução do sistema é por meio da secretaria de controle externo do TCE. O projeto de 2013 foi testado e implantado em 2017 com uma auditoria via satélite no município de Tefé, e no ano seguinte foi indicado ao prêmio Innovare.

O sistema permite que o tribunal realize auditorias em prestações de contas anuais dos gestores públicos.

Por meio de teleconferência, a comissão de auditoria do TCE explicou aos representantes dos órgãos municipais de Barreirinha o funcionamento da fiscalização.

Quantos aos documentos pedidos pela comissão, os gestores do município devem enviar via sistema e-Contas. Novas conferências com Barreirinha estão agendadas para 12 e 19 próximos.

 

Leia mais

Governo quer o exemplo do TCE-AM na tramitação eletrônica de processos

 

Obras fiscalizadas

Com o novo sistema, praticamente toda a auditoria é feita eletronicamente. A fiscalização física vai ficar apenas para as obras. Com isso, a corte ganha tempo e economiza recurso no deslocamento das equipes de fiscalização.

O titular da Secex, Stanley Scherrer, estima que o tribunal terá economia de 50% nos custos com a auditoria via satélite da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

 

Auditoria em Tefé

O próximo município a ser auditado nesse sistema é Tefé, a 523 quilômetros da capital, neste dia 7.

.

Foto: Nataly David/ TCE-AM