Conselho de Saúde pede fim da propaganda antivacina de Bolsonaro

A decisão acontece após Bolsonaro defender que “ninguém pode obrigar ninguém a tomar vacina”, frase que ganhou repercussão numa peça publicitária elaborada pela Secom (Secretaria de Comunicação da Presidência)

 

Iram Alfaia, do BNC Amazonas em Brasília

Conselho de Saúde pede fim da propaganda antivacina de Bolsonaro
Encontrou algum erro? Entre em contato
TAGS
VEJA MAIS