Integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL) começam neste domingo, dia10, um ato para pressionar o poder público pela pavimentação da BR 319, estrada que corta o estado do Amazonas. As informações são do Congresso em Foco.

Segundo o site, o plano do MBL é percorrer à pé cerca de 700 quilômetros entre as cidades de Humaitá e Manaus, além de registrar a situação atual da rodovia.

O movimento também pretende colher  assinaturas de populares a favor da pavimentação da BR.

De acordo com o em Foco,  dezessete pessoas devem fazer o percurso, incluindo deputados estaduais ligados ao grupo.

O site destaca que, o organizador do ato e coordenador do MBL em Humaitá, Marcelo Cavalcante, confirmou a presença do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, por meio de nota, na chegada dos manifestantes em Manaus, prevista para o dia 1 de setembro.

Ele reclama, no entanto, que apesar de ter articulado a construção da passeata, o ministro não tem se manifestado publicamente sobre o tema.

“A assessoria dele se manifestou em nota, mas a gente precisa que o ministro vá a alguma rede social e fale que estará presente com a gente, que é um ato que ele apoia e que ele deu força para que nós fizéssemos”, disse.

A passeata deve coincidir com a chegada ao plenário da Câmara do Deputados  da nova proposta de lei de licenciamento ambiental, que está sendo relatada pelo também membro do MBL, deputado Kim Kataguiri (DEM-SP).

Leia mais:

Bolsonaro dá certeza da recuperação da BR-319 em seu governo

 

Foto: Reprodução/YouTube