Conforme a Defesa Civil de Manacapuru havia detectado na noite deste domingo, dia 31 de março, o trecho da pista na altura do km 69 da AM-70 sofreu afundamento da pavimentação ocasionado por igarapé que corta o subterrâneo da pista.

Contudo, não houve o seccionamento da pista, como induziu leitor que viajava pela estrada em imagem enviada ao BNC Amazonas, e publicada no intuito de preservar o quanto antes a segurança de centenas de pessoas que trafegam no local diariamente.

Houve flagrante exagero do nosso leitor, talvez no ritmo das brincadeiras comuns no 1º de abril, o que não exime nossa responsabilidade, ainda que dando toda fé à fonte da imagem.

Alertado por outro leitor de Manacapuru de que a imagem poderia ser falsa, o BNC apurou junto à assessoria do governo, e a responsável pela estrada, a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), confirmou que não houve interrupção do tráfego e nem a situação mostrada na foto. Apenas o trecho da pista cedeu, rebaixando a pavimentação, mas sem seccionar.

A situação da rodovia nesse trecho afetado está sendo reparada pela Seinfra, com sinalização do Detran.

 

Confira os esclarecimentos da Seinfra sobre a situação da AM-70:

O Governo do Estado do Amazonas informa, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), que é inverídica a informação de que a rodovia AM-070 (Manaus-Manacapuru) desabou e que está interditada.

A área está sinalizada, o tráfego de veículos segue pela rodovia e o trecho do quilômetro 69, que apresentou rebaixamento da pavimentação neste domingo (31), segue sob monitoramento da Seinfra e da Defesa Civil do Estado do Amazonas, além de estar recebendo serviços da empresa contratada para atender a situação.

O trecho apresentou rebaixamento da pavimentação após não suportar a força das águas, ocasionada pelas chuvas que atingiram a região nos últimos dias.

 

Foto: Divulgação/Secom