Neste domingo, dia 19, o tráfego de veículos na avenida Djalma Batista, no trecho do cruzamento com a rua João Valério, voltou a ser feito com 100% da sua capacidade, depois que o prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), entregou ontem a última etapa das obras de recuperação da antiga rede de drenagem, serviço que começou em março deste ano.

Arthur disse que teve coragem de enfrentar um problema que foi evitado por prefeitos anteriores, e que foi aplicada uma solução definitiva no local. “Esse é o tipo de obra que poucos querem fazer, pela complexidade e pelo transtorno que causa no trânsito. Superamos isso, porque o nosso senso de responsabilidade nos faz pensar, primeiro, na segurança das pessoas que por aqui transitam”.

O local foi interditado em março para serviços de engenharia, com substituição de rede de drenagem que há mais de 40 anos não recebia manutenção, segundo o prefeito. “A nova drenagem profunda vai durar décadas”, afirmou.

De acordo com informações da prefeitura, foram trocados 42 metros de tubos e desviada uma canalização que passava por debaixo de uma lanchonete e um posto de gasolina, além de construção de quatro caixas coletoras de concreto armado.

Na primeira etapa da obra, concluída em março deste ano, a área também recebeu serviços de drenagem profunda, meio-fio, sarjeta, calçada e também foi implantado um “poço de visita”, que irá servir de acesso à rede de drenagem da avenida para futuras manutenções, sem a necessidade de interrupção do fluxo de veículos na avenida.

 

Leia mais

Djalma é interditada sem data de retorno e faixa azul está liberada

 

Foto: Divulgação/Semcom