Aquele aspecto de abandono a que fica relegado o bumbódromo de Parintins a cada final de festival folclórico, exigindo a cada ano gastos públicos para preparar a arena para a próxima disputa dos bois-bumbás Caprichoso e Garantido, é o que encontrou a equipe técnica do Governo do Estado que foi fazer uma inspeção no local nesta segunda, dia 4.

Toda a estrutura do centro de eventos foi vistoriada. Infiltrações de água bem visíveis em todo o prédio, principalmente nas arquibancadas, corroendo a estrutura metálica, banheiros em estado crítico e instalações hidráulica e elétrica precisando de reformas, sem falar no aspecto visual, que exige a pintura anual, foram as principais observações.

Segundo o secretário de Cultura (SEC), Marcos Apolo Muniz, o objetivo da inspeção é iniciar com antecedência os preparativos do principal palco da festa que acontece anualmente na cidade a 369 quilômetros de Manaus. Nesta edição, a 55ª, os três dias de festival cairão nas datas tradicionais, 28, 29 e 30 de junho.

“Verificamos alguns pontos que precisam ser ajustados. Agora vamos fazer uma avaliação mais técnica para elencar as intervenções a serem feitas. O objetivo é que tudo seja realizado de forma ordenada e correta”, disse Apolo.

Participaram com Apolo da vistoria ao bumbódromo o secretário de Infraestrutura, Carlos Henrique Lima, e representantes do Corpo de Bombeiros, Casa Militar e Secretaria de Comunicação (Secom).

A comitiva também se reuniu com o prefeito de Parintins, Bi Garcia (PSDB), e visitou os galpões dos bumbás Caprichoso e Garantido.

 

Foto: Divulgação/Secom