O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), propôs em novo artigo publicado na sua página do Facebook que o Brasil faça um “Plano Real dos Juros” para combater a recessão que se avizinha no País em 2019.

Na avaliação do prefeito, o atual governo deveria esquecer o discurso vazio e empregar as mesmas estratégias do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e seus técnicos para combater a inflação, só que, desta vez, direcionadas a combater os altos juros praticados no mercado brasileiro.

 

Leia mais 

Arthur manda recado a Guedes e diz que decisão do STF é indiscutível

 

“Precisamos esquecer o discurso vazio, esmiuçar o tema como meta prioritária de governo, ir às causas verdadeiras da diferença abissal entre as taxas básicas e aquelas praticadas na ponta do consumo. Constatar, para valer, o que se precisará fazer para que a taxa básica, a Selic, fique um dia no máximo 10 pontos acima dos juros de mercado”, afirmou Arthur Neto.

 

Alerta

De acordo com o prefeito de Manaus, o país caminha para uma recessão técnica e isso já é perceptível com os resultados econômicos apresentados no primeiro trimestre, que registraram queda do Produto Interno Bruto (PIB) e dos mais recentes prognósticos que apontam um crescimento da economia menor que 1,5% no fim do ano, bem distante dos 3,5% ou 4% projetados no início do atual governo.

E, se o desempenho da economia se repetir no atual trimestre – abril a junho –, o Brasil estará diante de uma recessão técnica.

Confira a análise completa aqui. 

 

Foto: Semcom