O prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto (PSDB), classificou de “showzinho, um pocket show” a paralisação dos rodoviários que durou cerca de duas horas e meia no Terminal de Integração (T 1), localizado na avenida Constantino Nery, nesta quinta-feira, dia 12.

O prefeito também mandou um recado duro aos participantes do movimento:  “Se manquem. Se estão achando que vão eleger fulano de tal, algum deles lá, não vão. Não é por aí. Esse é o caminho da derrota. Tirem isso da cabeça. Ideia de jerico”.

Arthur também afirmou que já passou da fase de se emocionar com esse tipo de movimento e que cada vez que param, os rodoviários colocam em risco os seus empregos.

“Não dá pra me emocionar. Dá só pra me chatear, eu não percebo que seja uma coisa saudável. Fazem não sei com que objetivo.Cada vez que eles param, entra menos recurso no sistema. Cada vez que eles fazem isso, significa que eles põe em perigo os empregos dos seus liderados. “, alertou o prefeito.

A  frota do transporte coletivo de Manaus parou, de surpresa, a partir das 14h30. Os passageiros foram obrigados a descer dos ônibus e seguir a pé pela avenidas Constantino Nery e Leonardo Malcher.

O BNC transmitiu ao vivo toda a paralisação. Confira.

 

Foto: Semcom