Confirmando as expectativas dos bastidores, a promotora de Justiça Leda Mara Albuquerque foi a mais votada no pleito interno do Ministério Público do Amazonas (MP-AM) para escolher o futuro titular da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) até 2020.

Leda Mara, única mulher na disputa com três membros do MP, recebeu 123 dos 162 votos válidos, ou 75,9% da preferência do eleitorado. O colégio de votantes é de 172, tendo sido registrada 10 abstenções.

Os segundo e terceiro colocados, respectivamente, foram o procurador José Roque Marques, com 89 votos, e o promotor Paulo Stélio Guimarães, com 80. O quarto nome na disputa, de Reinaldo Alberto Lima, obteve 76 votos.

 

Leda Mara

Os mais votados José Roque, Leda Mara e Paulo Stélio

 

As regras da eleição permitiam que cada eleitor votasse em até três nomes, o que explica um total de votos além do número de votantes.

Essa lista tríplice segue agora para a decisão do governador do estado, que deve anunciar em até 15 dias, a partir do recebimento da comunicação da PGJ, o nome do próximo chefe do ministério estadual.

Segundo informação da PGJ, a lista deve estar em mãos do governador já nesta terça, dia 11.

 

Leia mais

Eleição na volta do feriado escolhe novo procurador-geral do MP-AM

 

Fotos: BNC Amazonas