Metade dos ministros de Bolsonaro vai sair para disputar eleições

Pela legislação eleitoral, o prazo é abril, mas o presidente avalia pedir que os candidatos deixem seus cargos em janeiro de forma que ele possa utilizar os postos para abrigar potenciais aliados para sua campanha à reeleição

 

Metade dos ministros de Bolsonaro vai sair para disputar eleições
Encontrou algum erro? Entre em contato
TAGS
VEJA MAIS