Repercutindo notícia publicada ontem pela revista Veja, sobre um suposto escândalo envolvendo o candidato a governador do Amazonas pelo PSC, Wilson Lima, o deputado Sabá Reis (PR) fez hoje, dia 13, uma pergunta direta sobre o caso da tribuna da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM):

“Eu tenho uma curiosidade. Diz aqui que o Wilson foi convidado por uma garota de 14 anos para um jantar. A pergunta que eu faço é se ele ‘jantou’ foi a garota”.

Antes disso, o parlamentar, que é aliado do presidente da ALE-AM e também candidato a governador, David Almeida (PSB), contou que mais cedo recebera em seu gabinete um delegado de polícia que foi opinar acerca do caso.

“Eu recebi em meu gabinete a visita de um delegado de polícia, que me pediu reserva, e que me trouxe cópia do boletim de ocorrência, e ele veio para me dizer o que acha desse negócio”, disse Sabá. O deputado acrescentou ainda que na próxima semana voltará a tratar do escândalo de Wilson Lima no plenário da ALE.

 

Repercussão nacional

A notícia da Veja diz que Wilson Lima registrou um BO (boletim de ocorrência) por injúria se dizendo vítima de uma fã, que estaria se passando por esposa dele.

A Veja também disse que o caso foi registrado em 2014, dois anos depois do jantar do candidato a governador com a fã, que seria à época uma adolescente de 14 anos.

Outro detalhe intrigante é que a ocorrência, além de ter sido registrada 24 meses depois do episódio, prescrita para um ato injurioso, foi registrada em uma delegacia especializada para casos de homicídios e sequestros.

 

O que disse Wilson Lima sobre a pergunta

O BNC Amazonas procurou a coordenação de campanha de Wilson Lima para obter uma manifestação sobre a fala do deputado Sabá Reis. O retorno ao pedido é que a assessoria jurídica do candidato ainda está avaliando uma resposta. Assim que a Redação do site receber o posicionamento, este será publicado neste espaço.

 

Veja o vídeo do discurso do deputado sobre o escândalo do candidato a governador

 

 

Foto e vídeo: Reprodução/TV ALE-AM