A bancada do Amazonas na Câmara dos Deputados, com oito parlamentares, vai presidir três comissões permanentes da casa, conforme definido pelos líderes dos partidos nesta terça-feira, dia 12.

Essa distribuição das comissões ficou assim:

Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços: Bosco Saraiva (SD)

Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia: Átila Lins (PP)

Minas e Energia: Silas Câmara (PRB)

De acordo com ato assinado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) na noite de ontem, Átila, Silas e Bosco e mais 10 parlamentares serão eleitos e empossados. A sessão é às 19h (de Brasília).

Na manhã de quinta, dia 14, as demais 12 comissões da casa instalam seus presidentes.

A indicação dos nomes dos deputados amazonenses foi feita pela cúpula nacional dos partidos PRB, Solidariedade e Progressistas, o antigo PP.

O decano da Câmara, Átila Lins, é ainda o presidente da União Interparlamentar do Brasil, cargo que pela primeira vez é ocupado por um político do Amazonas. Destaca-se ainda o deputado com o assento, até 2020, no Comitê Interparlamentar Mundial.

 

Leia mais

Ministro da Saúde não cumpre promessa com AM, dizem deputados

 

PSL e PT ficam com três comissões cada

“A reunião [desta terça] não discutiu os nomes para compor as mesas das comissões, apenas a divisão entre os partidos”, disse o líder do governo, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO).

O PSL, maior partido da casa e o do presidente da República, Jair Bolsonaro, ficará com o comando das comissões de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ); de Fiscalização Financeira e Controle; e de Relações Exteriores e de Defesa Nacional.

A segunda bancada, o PT, vai comandar as comissões de Cultura; de Direitos Humanos e Minorias; e de Legislação Participativa.

 

Fotos: BNC Amazonas/Divulgação