O deputado estadual Carlinhos Bessa (PV) foi confirmado nesta manhã do dia 5, na abertura do ano legislativo, como o líder do governador Wilson Lima (PSC) na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM).

Wilson escondeu o nome até o último momento e só confirmou Carlinhos Bessa na entrevista após discursar na abertura das atividades parlamentares do ano.

 

Texto distribuído pela assessoria sobre o deputado

O deputado estadual Carlinhos Bessa (PV) foi apresentado como o novo líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas. O governador Wilson Lima (PSC), anunciou a escolha durante a primeira Sessão Legislativa da 19ª Legislatura. O parlamentar, que está em seu primeiro mandato, será o porta-voz do poder Executivo.

Carlinhos Bessa, 34, é natural do município de Tefé, na calha do Médio Solimões. Formado em Direito pelo Centro Universitário do Norte – Uninorte, atua na advocacia desde 2010. Devido ao seu desempenho no exercício da advocacia foi convidado para exercer o cargo de gerente de contratos da Secretaria Estadual de Saúde (Susam)/Fundo Estadual de Saúde de 2010 a 2012.

Entre os anos de 2012 e 2014 atuou como subprocurador dos municípios de Alvarães e Uarini. Em 2017, foi nomeado presidente da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, em Tefé. No mesmo ano, assumiu a representação do município de Tefé, em Manaus, onde desenvolveu trabalhos na área social por meio da Casa de Apoio. Em março de 2018, Bessa deixou a representação do município para concorrer às eleições como deputado estadual pelo Partido Verde – PV.

Para o parlamentar, a escolha do governador garante conjuntura para a expansão do trabalho realizado no interior do Estado e destaque no cenário da política estadual. “A grande missão que recebi do governador Wilson Lima, me dá oportunidade para mostrar o potencial político que tenho e expandir o trabalho que desenvolvemos na região em que fui criado. Tive oportunidade de vivenciar política desde minha infância, mas hoje tenho a chance de viver a política de renovação”, disse.

O deputado salientou que, como porta-voz do Poder Executivo, trabalhará alinhado com os demais parlamentares para a aprovação de projetos que contribuam para o desenvolvimento do Amazonas e para a atenção básica para os municípios do interior. “Sou filho do interior e conheço bem as dificuldades daqueles que vivem longe da capital. Precisamos trabalhar para que os serviços públicos possam chegar a todos os municípios, sobretudo aqueles mais distantes. Os municípios-polo de cada calha devem funcionar como pontos estratégicos para diminuir a distância de deslocamento da população para a capital e desafogar as demandas saturadas em Manaus, resultantes da falta de capacidade ou acesso de serviços básicos no interior”, ressaltou.

Bessa aponta a grande contribuição da escola política do interior do Amazonas como formadora de lideranças. “A exemplo de grandes nomes do cenário político como Gilberto Mestrinho, natural de Lábrea, Álvaro Maia e Amazonino Mendes, do município de Eirunepé, e Plínio Ramos Coelho, de Humaitá, vejo que o interior preparou gestores públicos que tiveram muita importância para o desenvolvimento do nosso Estado. Desses, devemos aprender com os erros e se espelhar nos acertos. Quero trabalhar para ser reconhecido pela relevância do trabalho que fiz para a sociedade que me elegeu como representante”, enfatizou.

Somente em Tefé, o deputado Carlinhos Bessa conquistou 10.808 votos, o que representa 37,88% dos votos válidos, tornando-se o primeiro deputado tefeense mais bem votado da história política do município. Eleito com 16.175 votos, o deputado contou, ainda, com o apoio de municípios vizinhos como Alvarães, Uarini, Fonte Boa, além da capital Manaus. Bessa associa sua vitória aos trabalhos sociais desenvolvidos na região. “Quando comecei a advogar em Tefé, há 9 anos, percebi que a população não possuía recursos para o pagamento dos honorários e tampouco conheciam seus direitos como cidadãos. A partir disso, entendi que minha missão ali era ajudar essas pessoas com a profissão que escolhi exercer e foi o que decidi fazer”, lembrou.

Irmão do atual prefeito de Tefé, Normando Bessa de Sá, Carlinhos participou efetivamente da campanha eleitoral vitoriosa, em 2016. Sua carreira como advogado e os trabalhos desenvolvidos na região tornaram o parlamentar um dos filhos mais queridos do seu município, surgindo assim os pedidos de populares por sua candidatura, pedido esse que foi reforçado pelo grupo político liderado por Normando. A partir de então, Bessa passou a formatar a ideia de sua candidatura que, logo depois, o consagrou como o deputado estadual mais bem votado da história de Tefé. Seu pai, Eduardo Nunes de Sá, popularmente conhecido como Sázinho, havia sido o último representante eleito por Tefé na 12ª Legislatura (1991-1994).

Exercendo seu primeiro mandato como deputado estadual, Bessa garante que a escolha do governador reflete o sentimento depositado nas urnas em 2018. “A sociedade pediu por mudança e ela aconteceu. A imagem de um governo novo também está nas escolhas feitas pelo governador. Se hoje ele está me dando essa oportunidade é porque além de acreditar no meu potencial, aposta na juventude política como resposta aos anseios da população”.

Bessa iniciou sua atividade no parlamento mostrando sua capacidade de articulação política, compondo o bloco que elegeu o deputado estadual Josué Neto (PSD) como presidente da Aleam para o biênio (2019-2020). O relacionamento interpessoal do deputado será a chave para a fluidez e a condução dos trabalhos na Casa.

A escolha do nome do deputado Carlinhos Bessa para ser o líder do governo na Assembleia Legislativa, confirma a inclinação do governador Wilson Lima (PSC) em apoiar a nova geração de atores políticos que possam contribuir efetivamente para o desenvolvimento do Amazonas. “O nosso grande desafio será alinhar os trabalhos entre o Executivo e o Legislativo. Os poderes precisam trabalhar de forma harmônica sempre em benefício da sociedade. No parlamento, teremos uma conexão amigável com todos os deputados e o diálogo será nossa principal ferramenta. Os interesses em prol de todos os amazonenses sempre serão levados em consideração, pois, mesmo como líder do governo, não poderei deixar de exercer a função para qual fui eleito: legislar e fiscalizar”, concluiu.

 

Foto: BNC Amazonas