O coronel Alfredo Menezes, cotado para assumir a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), tem um detalhe em seu currículo pilotar a emperrada máquina da autarquia. No Exército, ele era piloto de caça, assim como Bolsonaro, de quem é afilhado.

Quem o conhece diz que ele é um especialista em logística com formação de mestrado, doutorado e serviço na área junto ao Exército dos EUA e na ONU.

 

Foto: Reprodução