O Wi-Fi nos terminais de ônibus que as empresas do transporte público ofereceram como contrapartida à Prefeitura de Manaus para obter o reajuste da tarifa de R$ 3 para R$ 3,80 virou dor de cabeça para os empresários.
É que, com o sinal gratuito de Internet, os usuários passaram a permanecer mais tempo nos terminais, com isso a transmissão perdeu qualidade e agora eles não sabem o que fazer.