Prestes a ser exonerado do cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno abriu neste domingo, dia 17, artilharia pesada contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Ao colunista Gerson Camarotti, do portal G1, Bebianno disse que nunca imaginou que Bolsonaro “seria um presidente tão fraco”.

O colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, noticiou que ele teria dito que o presidente da República é “uma pessoa louca, um perigo para o Brasil”. Bebianno desmente.

 

Leia mais 

Mourão chateado com filho do presidente Bolsonaro: “Futriquinha”

 

Bebianno está no centro de uma crise envolvendo suspeitas de que o PSL usou candidaturas laranjas, durante as últimas eleições, com o objetivo de conseguir verba pública para a campanha. Desde então, tem sido alvo de críticas por parte dos filhos de Bolsonaro.

Na última quarta-feira, dia 13, um deles, Carlos Bolsonaro, chegou a dizer, em uma rede social, que Bebianno mentiu ao afirmar que estava em contato com o presidente, usando como prova um áudio que teria sido enviado pelo pai ao ministro.

Bolsonaro, por sua vez, endossou a posição do filho e compartilhou a publicação.

Leia mais na Folha. 

 

Foto: Reprodução internet