A intolerância do presidente Jair Bolsonaro (PSL) estourou novamente, nesta quarta-feira (15), ao avaliar as manifestações pelo Brasil contra a suspensão orçamentária temporária das universidades federais no valor de R$ 1,7 bilhão do total de R$ 49,6 bilhões. “São idiotas úteis”, “massa de manobra”, reagiu o presidente.

A reação de Bolsonaro repercutiu fortemente em todos os estados. Ele está em Dallas, no Texas, nos Estados Unidos, e de lá chamou de “idiotas úteis” os manifestantes que protestam contra o contingenciamento de recursos para a educação.

Ao chegar ao hotel onde fica hospedado, Bolsonaro disse que o protesto “é natural”, mas fez ataques.

“A maioria ali é militante. Não tem nada na cabeça. Se perguntar 7×8 para eles, não sabem. Se perguntar a fórmula da água não sabem. Não sabem nada, são uns idiotas úteis. Uns imbecis, que estão sendo usados como massa de manobra de uma minoria espertalhona que compõem o núcleo de muitas universidades federais do Brasil”, disse o presidente.

Fonte: Congresso em Foco e G1

 

Foto: Marcos Corrêa/PR