Luiz Antônio Bonat  é o novo juiz responsável pelos processos da operação Lava Jato na 13ª Vara de Curitiba. Ele ocupará a vaga deixada por Sergio Moro, ministro da Justiça e da Segurança Pública do governo Bolsonaro e ocupada provisoriamente pela juíza Gabriela Hardt.

Bonat, de 64 anos, assume no lugar da juíza, que, por ser substituta, não poderia assumir em definitivo. As informações são do site MSN, citando a revista Veja.

O juiz superou os demais candidatos no critério utilizado para definição do substituto, antiguidade na magistratura com desempate definido pela melhor colocação no concurso público.

Bonat nasceu em Curitiba e formou-se em direito na Faculdade de Direito de Curitiba em 1979.

Ele ingressou na Justiça Federal em setembro de 1993, na 1ª Vara Federal de Foz do Iguaçu.

Também atuou na 3ª Vara Criminal Federal de Curitiba e na 1ª Vara Federal de Criciúma (SC), além de varas previdenciárias.

É especialista em direito público pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e um dos autores do livro Exportação e Importação no Direito Brasileiro.

 

Foto: Reprodução/MSN