A gasolina sofre o maior aumento desde a greve nacional dos caminhoneiros em maio. A Petrobrás anuncia que o preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias será de R$ 2,0369 a partir desta quarta-feira (11/7), indicando alta de 0,59% ante os atuais R$ 2,0249.

Trata-se do maior índice de aumento desde 23 de maio, quando o país vivia o bloqueio de estradas provocado pela greve dos caminhoneiros, de acordo com a publicação do Correio Braziliense.

Na sexta-feira (6/7), a petroleira havia aumentado o preço da gasolina em 1,08%.

O preço do diesel, por sua vez, continua congelado desde 1º de junho em R$ 2,0316, atendendo uma das reivindicações dos caminhoneiros.

Já com relação à gasolina, o preço vem aumentando desde 22 de junho, seguindo a política de alterar o valor do combustível conforme a variação no mercado internacional.

 

Foto: Divulgação/Petrobrás