A empresa Bingo Caxiense do Grande Rio, vinculada à escola de samba carioca, montou três filiais em Manaus como tentáculo do crime organizado de exploração do jogo do bicho e lavagem de dinheiro.

Essa revelação foi feita ao G1 pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ). As filiais na capital do Amazonas servem para lavagem do dinheiro ilícito faturado pela máfia carioca.

O dinheiro recolhido com o bicho e jogos de azar era mesclado ao de diferentes empresas, como bazar, serviços de internet, produção de eventos, comércio de alimentos, entre outros.

A operação Mala Fortuna está sendo realizada no Rio de Janeiro nesta quinta, e há mandados para apreensão de R$ 20 milhões em bens patrimoniais dos envolvidos. Não há ação prevista para Manaus.

 

Foto: Reprodução/jornal O Sul