Nesta semana, o Ministério da Saúde anunciou que não vai mais comprar a Leuginase, medicamento importado da China e usado no tratamento de um tipo de leucemia infantil.

Há meses esse caso em forma de denúncia vem sendo reportado no “Fantástico”, da Rede Globo.

A Leuginase vinha sendo alvo de fortes críticas da comunidade médica por não ter sua eficácia comprovada, além de não ter registro junto à Anvisa.

Exames apontaram também que o remédio contém elevada carga de impureza.

O Ministério Público Federal pediu o recolhimento de todos os lotes de Leuginase distribuídos em hospitais públicos e quer que o governo volte a comprar a asparaginase fabricada no Japão, que era o medicamento usado até o ano passado.

Veja mais na reportagem do Fantástico

 

Foto: Reprodução/MS