O vice-presidente eleito, general da reserva Hamilton Mourão, confirmou, nesta quarta-feira (7), que o general da reserva Augusto Heleno (foto) será nomeado ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) no governo eleito Jair Bolsonaro.

Antes, ele estava confirmado para o Ministério da Defesa.

Mourão disse que é necessário aproveitar melhor as capacidades do oficial. “É uma cabeça brilhante que não pode ser desperdiçada”, disse em publicação na Agência Brasil.

O vice-presidente acrescentou ainda que Bolsonaro conversa com vários nomes e que a possibilidade é que o futuro ministro da Defesa seja um oficial de patente elevada da Marinha. “Para ter equilíbrio”, observou.

O nome do futuro ministro da Defesa só será confirmado quando o convite for aceito

 

Foto: Valter Campanato/ABr