Entre as 13 prisões que a fiscalização do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) divulgou em boletim até às 16h30 deste domingo, dia 28, está a de uma mesária a serviço da Justiça Eleitoral na escola estadual Cacilda Braule Pinto.

Essa escola fica no bairro Coroado, na zona oeste de Manaus.

A mesária estaria calçando uma luva com a seguinte mensagem, que mostrava quando o eleitor passava por ela em direção à cabina de votação:

“#EleNão, EleNunca”.

Essa hastag foi disseminada no país todo pela campanha do PT de Fernando Haddad contra o adversário Jair Bolsonaro (PSL).

A mesária acabou presa pelos fiscais, de acordo com o juiz titular da 59ª zona eleitoral, Luiz Cláudio Chaves.

 

Leia mais

Mulheres de rosa se misturam ao verde-amarelo no #EleSim Manaus

 

Foto: Divulgação