A agência bancária Expresso, do Bradesco, em Parintins, pode está cometendo uma ilegalidade contra o consumidor desde a semana passada.

Um aviso afixado no vidro do balcão de atendimento informa que o banco não dá troco. A razão seria a falta de moedas.

Por conta disso, o comunicado alerta que o banco só aceita que o consumidor pague boletos se trouxer o valor exato.

Quem se arrisca a pagar fora dessa exigência acaba abrindo mão de centavos, na maioria dos casos.

O flagrante desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor e ao Código Civil foi feito pelo jornalista Wilson Nogueira, prejudicado na tentativa de pagar boleto na agência.

Ele fez o registro na manhã desta sexta, dia 4.

 

Foto: Wilson Nogueira/cortesia ao BNC Amazonas