Caso o Sindicato dos Rodoviários deflagre a greve anunciada para acontecer nesta sexta-feira (7),  70% da frota do transporte coletivo deve continuar em circulação.

A determinação é da presidente do Tribunal Regional do Trabalho 11ª região (TRT11), desembargadora Eleonora de Souza Saunier.

 

Leia mais 

Após negociações, greve de ônibus é suspensa

 

Se houver descumprimento, a multa é de R$ 50 mil por hora de paralisação.

O Sindicato dos Rodoviários anunciou que pararia 50% dos ônibus a partir das 0h de amanhã.

A categoria reivindica o cumprimento do acordo do dissídio coletivo definido durante a greve de junho, que durou sete dias e foi encerrada num clima tenso com pedradas e incêndio em ônibus.