Por Rosiene Carvalho, da Redação

 

O presidente da ALE-AM, David Almeida (PSB), determinou a retirada da pauta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) após o governador Amazonino Mendes (PDT) mandar um substituto ao projeto que já tramita há mais de 40 dias na Casa.

“Se eu fosse votar essa nova matéria, todas as emendas aprovadas na Comissão de Finanças estariam prejudicadas. Não dá para votar assim às cegas, sem analisar. A LDO já tramita há mais de 40 dias na Casa”, declarou.

O deputado Vicente Lopes (MDB) disse que houve um equívoco por parte do governo que deveria ter enviado apenas uma emenda e não um substitutivo.

Vicente disse que a emenda será entregue à casa nas próximas horas para que a LDO possa ser votada ainda hoje à tarde.

A emenda, segundo o parlamentar, é relativa a divisão de percentuais de repasse entre os poderes.

A sessão foi suspensa. Na sequência haverá uma homenagem ao TCE e a expectativa é que a LDO seja votada ainda nesta quarta-feira.

 

Foto: Dhyeizo Lemos