por Israel Conte, da redação

 

O prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB) disse estar na torcida para que o governador Wilson Lima (PSC) e o vice, Carlos Almeida (PRTB), que também é secretário de Saúde (Susam),  tenham “talento e maturidade” para tirar o Amazonas da crise da saúde.

“Eu torço para que o governo acerte. Torço com todo o meu fervor pelo Amazonas.  Nós vimos muitos acidentes no fim de semana. E nosso Samu só faltou enlouquecer porque não havia como atender [as vítimas] no [hospital e pronto-socorro] João Lúcio e 28 de Agosto. E isso deve ser preocupação para o governador, para o vice governador e tenho certeza que eles vão saber sair dessa crise”, disse o prefeito na tarde desta segunda-feira, dia 11.

 

Leia mais 

Em post, prefeito de Manaus lamenta perda trágica de Boechat

 

O tema veio à tona por ocasião do lançamento do edital de inscrições para a 2ª turma do Curso de Pós-Graduação em Saúde Pública, com ênfase em Estratégia de Saúde da Família. As bolsas variam de R$ 1,2 mil a R$ 10 mil.

A iniciativa faz parte do Promais (Programa Mais Saúde Manaus), criado em 2018, para oferecer qualificação profissional e acadêmica aos servidores da Semsa (Secretaria Municipal de Saúde) e demais profissionais da área da saúde na capital.

 

Trabalho completo

Arthur destacou que o sucesso da Prefeitura em facilitar o acesso da população à rede de atenção primária só será completo se o estado estiver com a saúde de média e alta complexidade em dias.

“Eu preciso disso porque, como prefeito, fica incompleto meu trabalho se eu diagnostico uma doença e no estado eu, eventualmente, não encontro uma resposta que deveria ser dada.  Mas eu tenho certeza que o talento do governador e a maturidade do vice governador vão dar respostas muito justas”, afirmou.

 

Foto: Divulgação/Semcom