A Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) distribuiu texto à mídia, na noite desta quinta-feira, dia 21, tranquilizando a população, empresários e a bancada federal do Amazonas de que “nenhuma medida que prejudique o modelo será tomada pelo governo federal”.

A citação é atribuída ao superintendente da autarquia, o coronel da reserva do Exército Alfredo Menezes (PSL).

O texto também afirma que a “Suframa é o principal interlocutor com o Ministério da Economia e, especialmente, com a Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec)”, pasta à qual a superintendência está subordinada.

A autoafirmação ocorre uma semana depois de Menezes se encontrar com os onze integrantes da bancada, em Brasília, e, às vésperas, de reunião que os oito deputados e os três senadores do Amazonas terão com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

O texto da Suframa, porém, situa a autoafirmação de seu titular no contexto dos compromissos que teve esta semana em Brasília, mas aborda mesma pauta definida em conjunto com ele, na semana passada.

“Depois de participar de audiência pública no senado federal, o superintendente cumpriu extensa agenda para tratar de medidas que visam destravar, desburocratizar e acelerar a aprovação dos Processos Produtivos Básicos (PPBs)”.

Leia o texto distribuído pela Suframa:

SUFRAMA e Ministério da Economia trabalham ações integradas para a ZFM
  

“Quero tranquilizar a nossa bancada federal, a Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), o Centro da Indústria do Amazonas (Cieam), a população e demais agentes econômicos envolvidos no nosso Polo Industrial. Nenhuma medida que prejudique o nosso modelo econômico será adotada pelo governo federal”.

A afirmação do superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), Alfredo Menezes, é o resultado das reuniões desta semana em Brasília.

Depois de participar de audiência pública no senado federal, o superintendente cumpriu extensa agenda para tratar de medidas que visam destravar, desburocratizar e acelerar a aprovação dos Processos Produtivos Básicos (PPBs).

“Neste processo, a SUFRAMA é o principal interlocutor com o Ministério da Economia e, especialmente, com a Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec). Nenhuma decisão relativa aos PPBs será tomada sem o nosso conhecimento. Estamos identificando os gargalos existentes e elaborando uma proposta simplificada de análises dos PPBs, para, então, apresentá-la ao Secretário da Sepec, Carlos Alexandre Da Costa”.

Na tarde desta quinta-feira (21), o superintendente também reuniu-se com o Secretário de Indústria, Comércio e Inovação, Caio Megale, do Ministério da Economia. “São excelentes notícias! Nós estabelecemos que nossas equipes de análise dos processos produtivos básicos vão trabalhar em conjunto para padronizar os critérios e procedimentos e, assim, dar celeridade imediata para que os resultados práticos comecem a aparecer em curtíssimo prazo”.

Na sexta-feira (22), o superintendente Alfredo Menezes cumpre agenda em Manaus. “Estamos interagindo e unindo esforços para podermos avançar em nossos principais objetivos, que são o desenvolvimento da nossa região e a geração de emprego e renda para o nosso povo. A defesa do nosso modelo econômico é um dever e uma missão de todos”.

 

Foto: Divulgação