O Presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse hoje, dia 5, durante entrevista coletiva em Sobradinho, na Bahia, que “maus brasileiros ousam fazer campanha com números mentirosos contra a nossa Amazônia”. As informações são do portal G1.

O governo Bolsonaro tem recebido críticas de ambientalistas, cientistas, autoridades estrangeiras e da imprensa internacional pelas medidas tomadas em relação ao meio ambiente.

Especialistas apontam riscos para a preservação da Amazônia.

Na semana passada, o governo decidiu mudar o diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), órgão que apontou aumento do desmatamento na região, após Bolsonaro criticar o instituto e questionar estatísticas.

“A Amazônia é um potencial incalculável. Por isso, alguns maus brasileiros ousam fazer campanha com números mentirosos contra a nossa Amazônia. E nós temos que vencer isso e mostrar para o mundo, primeiro, que o governo mudou e, depois, que nós temos responsabilidade para mantê-la nossa, sem abrir mão de explorá-la de forma sustentável”, declarou.

O G1 destacou também que o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, cogita escolher um oficial da Aeronáutica para direção do órgão. O nome deverá ser anunciado.

Questionado sobre o anúncio do novo diretor do Instituto, o presidente afirmou que deve decidir junto aos seus ministros, que segundo ele, possuem total liberdade na composição dos Ministérios.

“Olha, o que eu decidi junto aos meus ministros, eles têm liberdade total para fazer a composição do seu respectivo ministério e eu tenho poder de veto, como já exerci no passado. Não é questão de ser militar ou ser civil, é para ter uma pessoa extremamente responsável e competente no cargo”, explicou.

Leia mais:

INPE contradiz Bolsonaro sobre desmatamento na Amazônia

 

 

Foto: PR/Marcos Corrêa