O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a venda da estatal Eletrobras Amazonas Energia para o consórcio amazonense Oliveira/Atem.

A informação foi postada no Twitter do Conselho na tarde desta quarta-feira, dia 20.

A privatização da empresa, ocorrida em dezembro do ano passado, foi denunciada ao Cade pela concorrente Gopower & Air.

 

Leia mais 

Cade marca julgamento sobre compra da Amazonas Energia

 

A empresa argumentou ao colegiado que a privatização provocaria concentração de mercado no fornecimento de geradores elétricos, já que as duas empresas que compõem o consórcio (Oliveira/Atem) já atuavam no segmento de energia na região.

O Cade rejeitou os argumentos e deu anuência à venda.

A Amazonas Energia atende a quase 900 mil consumidores em 62 municípios do estado.

 

Foto: Reprodução/Internet