Chefe do STF não foge, como Lira, dá ‘nomes a bois’ e vê crime de Bolsonaro

Fux também defendeu que “ofender a honra dos Ministros, incitar a população a propagar discursos de ódio contra a instituição do Supremo Tribunal Federal e incentivar o descumprimento de decisões judiciais são práticas antidemocráticas e ilícitas

 

Chefe do STF não foge, como Lira, dá ‘nomes a bois’ e vê crime de Bolsonaro

Assine para receber em primeira mão

Encontrou algum erro? Entre em contato
TAGS
VEJA MAIS