A Secretaria de Saúde (Susam) divulgou neste sábado, dia 8, que o hospital universitário Francisca Mendes registrou crescimento de 41% no número de cirurgias até novembro comparado com todo o ano de 2017. São 766 contra 544 cirurgias.

Duzentas e vinte e quatro cirurgias cardíacas em adultos lideram esses procedimentos em 2018. No ano passado, foram 200.

Igual crescimento foi notado nas cirurgias infantis, de 57 em 2017 para 85 agora.

Procedimentos vasculares são mais que o dobro, pulando de 137 para 207.

A Susam informa que a maior elevação, de 54%, foi na cirurgia geral (adulto e pediátrica). Segundo dados do hospital, foram 231 até novembro, contra 150 no ano passado.

Segundo a diretora do hospital, Juliana Palheta, uma das causas para o crescimento da produção no hospital foi a instalação de nova máquina de hemodinâmica, em outubro de 2017.“Essa máquina ampliou em mais de 200% a oferta de procedimentos nas áreas cardíaca, neurológica e vascular”, disse.

O secretário de Saúde, Francisco Deodato, disse que os números resultam da gestão prioritária do governador Amazonino Mendes (PDT) ao setor de saúde, em especial a cardiologia, desde os primeiros dias de administração.

“As doenças cardíacas são hoje a segunda causa de morte na população amazonense, depois dos traumas causados por acidentes. Os resultados têm sido muito importantes”.

 

Leia mais

Estado investiu R$ 212 milhões na saúde dos municípios, diz Amazonino

 

Foto: Divulgação/Secom