A presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), conselheira Yara Lins, deu o prazo de cinco dias para que o Governo do Estado se manifeste a respeito da sobreposição de obras públicas e desperdício de dinheiro público.

A alegação é da Prefeitura de Manaus, que entrou com representação na Corte de Contas, dizendo que há prejuízos pela execução de obras de infraestrutura na cidade nos mesmos locais onde o executivo municipal já executou os serviços.

“Não quero impedir a que o Estado realize obras, muito ao contrário, o Estado tem obrigação de fazer isso, uma vez que grande parte de sua arrecadação é feita em Manaus e nada mais justo que esse dinheiro seja investido aqui, para melhorar a vida das pessoas. Mas, não é saudável, muito menos em um momento em que ainda não superamos totalmente a crise econômica, que desperdicemos recursos em duplicidade de obras, por mera picuinha”, afirmou o prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB).

As secretarias estaduais de Desenvolvimento da Região Metropolitana (SRMM) e Infraestrutura (Seinfra) têm cinco dias para explicar ao TCE sobre as ações realizadas em locais já atendidos pela Prefeitura de Manaus, com o Plano de Obras de Verão. O despacho foi publicado nesta quinta-feira, 30.

“Todos os esforços e recursos destinados a melhorar a vida dos moradores de Manaus são bem-vindos e necessários. No entanto, não podemos permitir o desperdício de dinheiro público, com a sobreposição de obras, ou seja, que o Estado refaça obras já realizadas pelo município, quando pode e deve investir esses recursos e esforços em outros locais necessitados”, explicou o prefeito.

A Prefeitura de Manaus ressaltou também que as vias atendidas com diversos serviços básicos foram escolhidas após minucioso estudo e planejamento técnico que levantou os locais com necessidades mais urgentes para melhorias na infraestrutura, o que vem sendo feito a partir do Projeto Básico que já contemplou mais de 4 mil ruas e tem a meta de chegar até dezembro, com dez mil locais atendidos.

O prefeito Arthur Neto visitou a sede do BNC nesta sexta-feira e concedeu entrevista ao jornalista Neuton Corrêa e, além do tema acima, também falou sobre eleições e a insegurança em Manaus. Confira:

 

Foto: BNC

*Com informações da Semcom.